quarta-feira, 15 de julho de 2009

Você tem SPA?


Eu não sou maluca, tenho SPA!!!

A síndrome SPA gera hiperatividade de origem não-genética. Existe a Hiperatividade genética que é caracterizada por ansiedade psicomotora, agitação do pensamento de fundo metabólico e inquietação, com certeza você conhece pelo menos uma pessoa mais ansiosa, teimosa e hiperpensante.

Hoje existe também a Hiperatividade funcional não-genética, a SPA, que quer dizer Sindrome do Pensamento Acelerado.
O maior vilão nessa história é o excesso de estímulos visuais provocados pela TV, a velocidade dos pensamentos foi aumentada de forma crônica acarretando a diminuição da concentração e aumento da ansiedade.

Na infância e adolescência o individuo apresenta dificuldade de concentração durante a aula, fala com os colegas, se agitam na cadeira e viajem em seus pensamentos. Não pense que o problema se restringe somente a crianças e jovens, a SPA engloba grande parte da população infantil e adulta. Os adultos com mais responsabilidades apresentam a SPA mais forte e por isso são mais estressados.

Quem pensa muito rouba energia vital do córtex cerebral e sente uma fadiga excessiva mesmo sem ter feito exercício físico, outros sintomas são irritabilidade, déficit de concentração, esquecimento, sofrimento por antecipação, sono insuficiente, aversão à rotina e em alguns casos dor de cabeça, musculares, gastrite, taquicardia.
Um dos sintomas é justamente esquecimento por que o cérebro bloqueia a memória para pensarmos menos e gastarmos menos energia.

Se o vilão das crianças e jovens é a televisão, o do homem adulto é o excesso de pensamentos, ao contrário do que se pensava (trabalho, competição, pressão social, etc).

O meu cúmulo foi domingo agora, no meio do culto, o pastor falando e eu viajando nos meus pensamentos. O que eu estava pensando? Nas matérias dos blogs que estavam inacabadas, tive altas idéias. Quanto mais responsabilidades adquirimos maior é o tempo que passamos pensando em como executá-las, no meu caso é em como executá-las com precisão, lembrando que eu sou perfeccionista mas me policio ao máximo para não virar TOC e as vezes jogo algumas coisa para o alto e dou um FDS, vou pra cama e assisto um filme antigo para desestressar... rss...

Vamos tentar oferecer um pouquinho de sossego para nossa cabecinha!


Pensar é excelente, pensar muito é péssimo!


Fonte de pesquisa: Augusto Cury
Adaptação e complemento do texto: Carla Makeup

7 comentários:

Cibele Porto disse...

ai meu Deus,
mais um "distúrbio". Esse é até bem comum, né Carlinha?
sei não mas acho que me encaixo nisso, spu hiiiper hiperativa! haushsuahs
vou procurar saber mais...
bjinhus

Gisa, ou Gisele disse...

Eu simplesmente adorei seu blog. Li vários post's antigos!!! É lindo e de muita utilidade.
Eu estou na fase me apaixonando por makes, mas não tenho tudo que preciso pra exercitar, um dia chego lá.
Meus parabéns!

Mari disse...

Ai cacilda, eu tenho SPA? Não consigo parar de pensar.

Ai Carlinha, eu sou meio errada, kkkkk.

Priscila B. disse...

bem que eu precisava de um pouco de hiperatividade..; )

Dea アンドレア disse...

Eu tenho muitos desses sintomas, mas na época que eu fui a uma psicóloga, foi diagnosticado que eu era cinestésica! :) Será q ela errou e eu tenho isso q vc falou? kkkk Bjos

disse...

Sofro desse mal, exercícios físicos tem me ajudado bastante contra a ansiedade terrível que todos esses pensamentos me causam, adoro seu blog, vc escreve maravilhosamente bem!
Bj.

Tainá Cordeiro disse...

Nossa...me encaixei em várias partes do post. Por ter a cabeça cheia de pensamentos e ficar distraída acabo pagando vááários micos...rs Mas sempre que acho que tá passando do limite,me isolo do mundo, vejo um bom filme ou saio com umas amigas, distrai minha mente que é uma beleza!
bjos!

Related Posts with Thumbnails