quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Obrigada!


Não tenho palavras para agradecer o carinho e orações recebidas, sintam-se abraçadas. Mesmo sem conhecer pessoalmente cada rostinho eu as amo!

Da última vez que estive aqui eu vi meu mundo no chão, os olhos afogados em lágrimas que mal conseguia ver a tela, o coração esmagado, uma dor de barriga súbita e um peso gigantesco sobre os ombros, todos os meus músculos tremiam e se enrijeciam.

Não desejo para minha pior inimiga que ela tenha que fazer reconhecimento do corpo de um filho - pois é como filha que eu cuidava da minha pequenininha, como a minha 1º filha – sabendo que o corpo já se encontrava em decomposição, com a cabeça cheia de suposições sobre o acidente, sabendo apenas que o local era de difícil acesso e que seu anjinho ficou ao relento por 3 dias talvez agonizando, talvez sentindo dor e com certeza solitária sem poder pedir por socorro.

Cruel saber que teríamos poucas horas para velar por ela, cruel a espera pelos amigos de outras cidades que ela tanto amava, cruel ver minha mãe se deslocar para a cidade do acidente para fazer a certidão de óbito, ser mal tratada pelo escrivão bêbado e só chegar na hora do enterro. Cruel não poder fechar o caixão, pois o calor aceleraria o processo de decomposição, cruel ter que quase brigar para que as pessoas não tocassem o rostinho dela e nem levantasse o véu, elas pareciam não entender a gravidade da situação. A parte mais cruel foi quando o tempo começou a esquentar, os ventiladores não deram vazão e apareceram as primeiras moscas. Por mais que um dia eu venha desgostar de alguém, não posso desejar essa cena para nenhuma pessoa, ninguém deveria usar spray inseticida e spray odorizador no velório de um filho.

Foi muito difícil ver por entre a fresta da janela o Alexandre em lágrimas contar pra minha filha de 7 anos que a tia não voltaria mais e mais triste ainda colher suas lágrimas de sofrimento.
Triste pensar que a menininha que desde bem pequena dizia que sempre amaria todo mundo não amaria mais ninguém, triste imaginar que a palhacinha da família não estaria mais aqui para nos fazer rir até em momentos tristes.

Eu tinha a sensação que não conseguiria tocar minha vida, andar pelas ruas da minha cidade onde costumava encontrar com ela, comemorar o aniversário da minha filha que se aproxima, voltar a minha rotina...

Mas Deus não nos abandona em nenhum momento, ele tem o jeito dele de agir. Enquanto você sente dor você não consegue pensar, enquanto o médico não fazer a dor passar você não quer nem saber a graduação dele e nem qual mal está te afligindo, você quer sanar a dor!
Foi preciso na segunda-feira viajar 130 km para uma pessoa abençoada por Deus me explicar espiritualmente o que aconteceu e me explicar o propósito por traz da nossa perda.

Tive muitos conflitos com a Carol, a vida inteira para ser mais exata, minha mãe sempre foi amiga e acabei assumindo o posto vazio e agindo como a mãe, inclusive dela. Fui muito dura, principalmente com relação ao relacionamento dela com a Vivian, nenhum dos amigos dela aprovou essa relação, nem a mãe da menina que já era amiga da Carol. Por fim passei a orar por elas e pedir que Deus fizesse a vontade dele.
Saber que elas não estavam mais juntas como casal e saber que elas estavam tendo acompanhamento espiritual foi a certeza que eu precisava, que hoje ela com certeza está bem!

As duas maiores lições que eu aprendi com a Carol é que a vida é para ser vivida, quem tem medo de vive-la vai sempre ficar ensaiando o que pretende fazer e nunca aproveitará de fato. A outra é que você é mais feliz quando não guarda rancor e mágoas, perdoar é mais fácil do que imaginamos, porém só depende de nós...

“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, por que se você parar pra pensar, na verdade não há!”


Carol com 2 aninhos orando pela boneca...



Ainda essa semana tem matéria nova no blog... Fiquem com Deus!

11 comentários:

Ellen Miguel disse...

Mesmo sem conhecer vcs fiquei super emocionada, só hje vi oq tinha acontecido, vc ta certa mesmo, temos que viver intensamente cada momento. Que Deus dê a vc e a familia Toda força que precisarem e Ilumine o caminho delas para que elas fiquem em paz.
Bjos.

Eveline disse...

Carla, que Deus conforte seu coração e sua família.
Fiquei muito emocionada com seu relato, e sugiro que, quando julgar oportuno, vc leia "A Cabana", pois trata de uma situação muito parecida com a qual vc está vivendo agora.
Um grande abraço.

Saphira disse...

Flor,perder alguem que a gente ama é uma dor inegualavel,mais você ta no caminho certo para o conforto DEUS sempre de uma forma ou de outra nos mostra as respostas de nossas perguntas ou ao menos o consolo pro coração aperta.

Sinta-se abraçada por mim.

Beijos da Saphi

Carlinha Salgueiro disse...

Xará, não postei antes porque nunca sei o que dizer, embora eu tenha perdido um irmão há cerca de oito anos, e erámos quase gêmeos em idade... A gente não sabe porque as coisas acontecem, mas tentar entender sobre o propósito da vida como esta alma caridosa que te ajudou é muito importante, e fico aliviada de saber que um anjo assim chegou perto de você.
Só posso continuar rezando por você e que Deus conforte você e sua família e a amigos.
Um beijo!

ChicCult disse...

Minha querida, fico feliz que esteja mais consolada. Uma coisa digo pra você. Ontem li um trecho de um livro muito especial que dizia que, na nossa pequenez, não conseguimos entender o propósito de Deus, e que tomamos por injustiça o que não compreendemos.

Que, quando perdemos alguém querido e de bom coração, dizemos: há tanta gente má pelo mundo, porque foi-se justamente esse que era bom?

Mas na verdade, é uma bênção pra ela que seus dias nessa terra, que traz muito sofrimento e mágoa, tenham sido abreviados. Que ela aprendeu aqui o que tinha que aprender e pôde seguir adiante.

Desejo realmente que melhore e que seu coração e da sua mãezinha - que teve a pior dor que acho que alguém pode ter -, consigam compreender essa vontade, que não a encarem como perda, mas como um presente de extremo amor divino, que será plenamente compreendido na hora certa.

Abraço muito muito muito especial!

Anninha Rios

Shimmering Ladies disse...

Nossa, tô muito emocionada... Suas palavras de conclusão foram lindas!! Que Deus continue permeando o amor e a fé no coraçao de vcs!!!

Grecia disse...

Não sei se você é tão forte quando parece, ou se o Pai Maior nos faz assim diante de algumas situações.
Apesar de não conhecê-la, mas somos seres humanos, e tenho certeza de que assim como eu, todas que participam do blog sentem muito pela perda e pela dor.
Lendo tudo o que você escreveu, me vem o sentimento que ela tinha ou tem por você. Certamente ela a amava, ou a ama.
Muitas pessoas se fazem presentes fisicamente, mas nem todas conseguem realmente participar da vida dos seus familiares e amigos como você o faz.
Condenar, falar mal, apontar, discriminar, pré-julgar é sempre mais fácil. Nem todo mundo está preparado para amar as pessoas da forma como elas são, e não como a que queríamos que elas fossem.
O importante é que, pelo seu relato, enquanto ela esteve aqui foi amada e feliz.
Quantas pessoas vivem mais de sessenta anos e não conseguem ser felizes?
Que Deus abençoe a você e às famílias das meninas, e que te dê forças para continuar dando atenção àqueles que muitas vezes só precisam de um sorriso para terem um dia feliz!!!
Bjos

Cíntia Costa disse...

Oi...
Tenho seu blog nos meus feeds e estava mega atrasada na leitura de feeds, por isso só hj vi as suas postagens sobre o acidente com a sua irmã e esse aqui...
Nossa, nem sei o q dizer... deve ser difícil demais uma situação assim...
Força para vc e sua família, sei que algum tempo já se passou mas sei que a dor ainda está presente, ela com o tempo vai diminuindo e apesar de nunca sarar, sempre estará presente mas de uma forma com o qual vc e sua família vão tocar a vida...
Força e que os Deuses protejam sua irmã!
Bjão

Gisele Lopes disse...

Oi amiga, vi o quanto amava sua irmã, tbem tenho uma, nem posso imaginar como é dolorosa esta situação, Mas Deus é fiel, e está ao seu lado, AMEM?

charming day disse...

Who is she??
She is so cute really.Thanks for sharing this nice image.cheap cosmetics

Koizaz Di Minina disse...

Que o Senhor Jesus seja com vc, querida! Ele é fiel e capaz de curar toda dor...Muitolegal seu blog, to divulgando no meu blog (http://www.koizazdiminina.blogspot.com/) dá uma passadinha por lá pra conhecer, ta?
Bjos!

Related Posts with Thumbnails